Visualizações de página do mês passado

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Eu grito com ela(e) e daí?



Verdade seja dita, mas uma das coisas capazes de destruir um relacionamento estável: são as BRIGAS!

Os desentendimentos começam por tolices e quando menos se espera toma proporções exageradas e sem necessidade para tal!

 A mulher briga com o marido porque não gostou de determinada coisa, o marido reclama dela, e tudo vira uma grande bola de neve que vai arrastando tudo a sua volta.

Logo isso afeta a vida do casal e a tristeza e pensamentos negativos começam a brotar como uma torrente. Daqui a pouco todos ficam sentidos e feridos, os pensamentos negativos tomam conta e parece que o amor acabou! Ele não acabou, mas o inimigo quer fazer você pensar assim, sabe por quê?!

Porque tudo o que ele deseja e tem poder para fazer (se você permitir) é destruir sua família, a família que Deus confiou a você.

Logo o casamento começa a fracassar, ficar ao lado daquela pessoa ao qual você escolheu parece mais um fardo??!!

Oh pura ilusão. E o Diabo alegremente canta a vitória sobre vossa alma. Essa é a mais pura verdade.

Não somos perfeitos, é bem verdade, todos têm falhas e defeitos e ninguém é melhor que o outro, podemos sim juntos buscar melhorias, aperfeiçoamento, e para isso devemos apaziguar a ira que tanto dilacera famílias, deixando severas, pior ainda eternas cicatrizes.

Tenha certeza de que todo casal tem desentendimentos, problemas e dificuldades, não é mudando de esposa ou marido que a situação muda. Não é encontrando nos prazeres mundanos alívio para a "carga pesada" que você obterá alegria e paz. Isso nunca existe quando fazemos o que é errado. Mas é assim que o inimigo de vossa alma deseja que você pense e assim aos poucos, sorrateiramente vai te iludindo com falsas promessas, fazendo-o pensar que esse relacionamento tornou-se cansativo, desgastante e desnecessário.

- Ah, ele diz! Para quê continuar dessa forma se você não tem alegria?!
Veja aquele projeto, pessoa ou qualquer outro objeto físico ou material que possa ser usado para lhe proporcionar satisfação.

Precisamos ter cuidado com isso. O inimigo usa pessoas e coisas para nos atingir, usa acontecimentos e principalmente a ira para nos ferir, magoar e acabar com o nosso sucesso rumo à exaltação.

É fácil? Claro que não! Se assim o fosse você não seria tão importante para enfrentar e ser capaz de vencer as dificuldades! Pense nisso. Reflita.

Brigas, gritos, raiva e ressentimentos nunca levam a nada! Tome cuidado com as palavras, com o modo de falar com o cônjuge. Refrear a língua e agir sabiamente, com o poder de um coração humilde, pronto a perdoar e a perceber que determinada atitude não leva a nada, já salvou muitas famílias.

Fugir do problema não irá mudá-lo, mas sua atitude positiva e honesta sobre eles é que fazem tudo mudar e valer à pena.

Quando um desentendimento ocorrer, antes que o fogo da ira incendeie seu coração, cale-se por um instante e ofereça uma fervorosa ORAÇÃO.


“Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem.

E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, (…)

Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós (…)

Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.” ( Efésios 4:29–32.)


Escrito por Fernanda Ferraz.


VISITE O SITE: http://www.tribodamulher.com.br/

Um comentário:

  1. Foi muito útil para mim também!
    Muito obrigada!

    ResponderExcluir